Fantasia de Halloween

Por Amanda Menezes.fantasia-beetle-juice-e-edward

Olá pessoal, tudo bom?

Hoje, véspera das festinhas de Halloween das escolinhas, resolvi fazer um post todo dedicado a ideias de fantasias que fogem do convencional para essa época do ano. Desde bem antes da Letícia nascer, eu sempre gostei de frequentar festas a fantasia, e normalmente pirava pensando em como surpreender as pessoas que iam comigo. Já me vesti de várias coisas, inclusive quando tava grávida, me vesti de Cleópatra. Foi demaaaais ❤ Continuar lendo

Dicas de Decoração para Aniversário – Tema Tinkerbell (Sininho)

Por Amanda Menezes.

1_18 Oi pessoal, tudo bom? Depois de um bom tempo sem escrever aqui pro blog, resolvi trazer pra vocês uma dica de decoração que eu já tenho a um bom tempo guardada aqui no meu notebook. Pesquisei sobre esse tema quando a minha Letícia ia fazer dois aninhos, e como ela ainda era loira (e ainda continua kkkk) eu tinha “escolhido” fazer da Tinkerbell. Continuar lendo

Guia de Sobrevivência para Mães (e Pais também).

Por Amanda Menezes.

11111

Oi pessoal, tudo bom?

Já faz um tempo que eu quero falar sobre esse assunto com vocês, toda vez que eu vou pra algum lugar com o #piolhinhodamamae eu monto o meu kit de sobrevivência, ou Kit Letícia como eu costumo chamar. Quem tem filho de 2-3 anos (pelo menos) vai entender o que eu to falando. Nem sempre a Letícia ta no seu melhor dia, muito menos no seu melhor humor, e isso faz com que (na maioria das vezes) ela tenha certos comportamentos que não me agradam. Ou seja, ela ta “naquele preço” e faz todo tipo de cena quando não estamos em casa. Vendo essa necessidade absurda, eu listei 5 itens que não podem faltar na hora de sair. Continuar lendo

Férias? O que fazer com as crianças?

Por Amanda Menezes.

ferias

Oi pessoal, tudo bom? As férias escolares enfim chegaram e bate uma preocupação (desespero para algumas) sobre o que fazer com essas crianças dentro de casa, não é verdade? Hoje eu vim aqui dar uma dica super especial para as mamães e os papais também tirarem de letra esse momento. Continuar lendo

Incentivando à Leitura

Por Amanda Menezes.

_DSC0364

Oi pessoal, tudo bom?

O tema de hoje é super apaixonante – Livros. Não basta apenas dizer pro seu filho que ele tem que ler ou que ler é bom, ou qualquer outra coisa do tipo. É preciso mostrar, é preciso ler com ele, é preciso acima de tudo incentivar. Aqui em casa eu faço isso sempre, independente do tipo de livro.

Quer saber como ta sendo aqui em casa essa introdução ao mundo da leitura? Continuar lendo

Inspiração pra Decoração <3

Por Amanda Menezes.

0011 cópia

 

Oi pessoal, os posts do blog ficaram em falta semana passada por vários motivos, e por isso eu resolvi que escreveria pra vocês hoje! Já tem um tempinho que eu percebi que vocês gostam das fotos e dicas de decoração que nós colocamos na home page (www.facebook.com/ChaDaMamae) e por isso eu decidi que faria um post dedicado a esse tema. Quem segue a gente no instagram (@chadamamae) deve ter visto que eu to dando uma reformadinha aqui em casa, e como ainda não ta do jeito que eu quero vou deixar pra vocês algumas fotos que me inspiraram na hora da decoração.

Aqui em casa o que mais me incomodava era a falta de cor kkkk. Tudo era muito neutro e muito básico, então a primeira coisa que me motivou a querer reformar foi justamente isso. Continuar lendo

Lanches das Crianças na escola: Dicas e Sugestões

Por Cristhiana Rendeiro

Oi gente! O tema do post de hoje foi sugestão da nossa querida leitora Nayara Melo. E como vocês sabem que nós adoramos as sugestões de vocês, vim aqui escrever.

Todos nós sabemos da importância de uma alimentação saudável, principalmente para nossas crianças. E é bom que seja inseridos bons hábitos alimentares desde a infância, para benefícios a longo prazo e sejam adultos saudáveis.

Eu sempre preferi os lanches naturais, em vez dos industrializados. Continuar lendo

Intolerância à Lactose – E agora?

Oi gente! Tô aqui essa semana pra falar sobre um assunto bem chatinho… Tem mais ou menos uns dois meses que descobri que a Alice estava com intolerância à lactose e é claro que eu não podia deixar de compartilha com vocês sobre um assunto desses.

10595849_666372076777862_405752677_n Continuar lendo

7 filmes pra ver sobre Maternidade

Sem Título-1

Oi pessoal, tudo bom? Quem me conhece um pouquinho e acompanha a gente pelo instagram (@chadamamae) já deve ter percebido o quanto eu sou viciada em filmes. Já faz um tempinho que ando querendo escrever sobre isso pra vocês, então, depois de assistir a um maravilhoso filme (pela terceira ou quarta vez), decidi que a hora tinha chegado.

Essa é a primeira vez que escrevo algo assim, então vamos lá… Aqui vão algumas sugestões de filmes engraçados e emocionantes para ver antes, durante e também depois da gravidez. Vou dividir por temas e de hoje é sobre Maternidade.

Todos os filmes citados aqui são dos gêneros comédia, comédia romântica e romance. Eu já vi todos eles várias e várias vezes, e tenho certeza que vocês também vão gostar. Se tiver algum filme que alguém ainda não viu me diz o que achou ou se alguém quiser me dar alguma indicação de filme, sintam-se a vontade. Eu vou amar!

7) O Paizão

Big_Daddy (1)

 

Em clima de dia dos pais, vou começar com esse filme que me deixa emocionada todas as vezes que eu vejo. Aqui vai a sinopse: Sonny Koufax (Adam Sandler) tem 32 anos, é formado em Direito mas, ao contrário de seus colegas de faculdade, trabalha em um pedágio por pura preguiça de buscar algo melhor. Cansado de ser dispensado pelas mulheres, que o acusam de ser imaturo, Sonny tem a ideia de adotar Julian McGrath (Cole e Dylan Sprouse), uma criança de cinco anos, para demonstrar maturidade. Mas nem tudo corre como ele imagina e logo percebe que cuidar de uma criança não é tão simples assim.

6) Um Homem de Sorte

Um Homem de Sorte - Poster

Não sei nem como comentar sobre esse filme. É aquele típico romance que você acha que nunca vai acontecer, ainda mais quando se é uma mãe solteira. Vale suuuper a pena assistir. A sinopse: Em meio a uma batalha em plena Guerra do Iraque, o fuzileiro Logan Thibault (Zac Efron) encontra no chão a foto de uma mulher desconhecida. Ele a guarda e passa a cuidá-la como se fosse um talismã, prometendo que, caso sobreviva à guerra, irá encontrá-la. Meses depois, ele retorna aos Estados Unidos e passa a pesquisar onde ela poderia morar a partir de pistas dadas pela própria foto. Ele a encontra em um canil, onde trabalha juntamente com a avó (Blythe Danner) e vive com o filho pequeno (Riley Thomas Stewart). Logan passa a também trabalhar no canil, sem revelar o verdadeiro motivo pelo qual chegou até ele.

5) A Creche do Papai

a creche do papai

 

Um típico filme de sessão da tarde que é maravilhoso, e mostra que os pais também são capazes de cuidar dos filhos enquanto as mães trabalham fora de casa. A sinopse pra vocês: Phil (Jeff Garlin) e Charlie (Eddie Murphy) ficaram desempregados recentemente. Como não têm dinheiro para pagar a creche de seus filhos, são obrigados a retirá-los dela e cuidar deles até que arranjem um novo serviço. É quando eles têm uma idéia para ganhar dinheiro: criar uma instituição que cuida de crianças enquanto seus pais trabalham. A dupla coloca o plano em prática e, devido aos métodos pouco convencionais que usam ao cuidar das crianças, acabam ficando famosos e gerando o ódio de seus concorrentes.

4) Encontro de Casais

Filme Encontro De Casais

 

Essa comédia romântica mostra a rotina de vários casamentos, e como lidar com os problemas dos casais. É ótima, super engraçada e divertida. Sinopse: Jason (Jason Bateman) e Cynthia (Kristen Bell) estão prestes a se divorciar. Como última tentativa de salvar o casamento, eles resolvem fazer uma viagem para participar de uma terapia de casais chamada “Eden”. Para conseguir um desconto, eles incentivam seus amigos para que também viajem, no intuito de participar das atividades sem acompanhar a terapia. Inicialmente relutantes, Dave (Vince Vaughn) e Ronnie (Malin Akerman), Joey (Jon Favreau) e Lucy (Kristin Davis), e Shane (Faizon Love) e Trudy (Kali Hawk) aceitam o convite. Eles são alojados na parte oeste da ilha e Joey logo descobre que na parte leste há um resort de solteiros, proibido para casais. Decididos a aproveitar os benefícios locais, todos resolvem permanecer e fazer a tal terapia.

3) Eu Queria Ter a Sua Vida

eu-queria-ter-a-sua-vida

Essa comédia mostra a grande diferente entre a vida de solteiro e casado. Muito divertido, e tenho certeza que quem é casada vai se identificar. A sinopse pra vocês: Dave (Jason Bateman) é casado com Jamie (Leslie Mann), com quem tem três filhos. Cuidar das crianças está inserido em suas atividades rotineiras, que inclui ainda dedicação intensa para a conclusão de uma fusão na empresa onde trabalha, o que pode levá-lo a ser um dos sócios. Mitch (Ryan Reynolds) é solteiro e trabalha como ator, aproveitando o tempo livre para farrear. Os dois se conhecem de longa data e, após saírem juntos, começam a elogiar a vida do outro. Ao se aliviarem na fonte de um parque, os dois dizem que gostariam de ter a vida do outro e a mágica acontece. Agora a mente de Dave está no corpo de Mitch e vice-versa. A situação permite que eles conheçam o outro lado da moeda, ao mesmo tempo em que precisam encontrar uma forma para que as vidas de ambos não desandem de vez.

2) Esposa de Mentirinha

esposa-de-mentirinha-poster

 

Uma super comédia romântica e que vale muito a pena assistir. A sinopse: Danny Maccabee (Adam Sandler) queria um relacionamento sério, mas foi infeliz em sua tentativa de casamento. Para driblar a carência, passa a vivenciar somente namoricos e transas sem o menor compromisso. Assim, ele toca sua vida como cirurgião plástico bem sucedido, tendo sua melhor amiga Katherine (Jennifer Aniston), mãe solteira de um casal de pirralhos, como fiel escudeira. Mas um dia ele conhece a jovem Palmer (Brooklyn Decker) e a paixão toma conta de ambos. Disposto a se casar com ela, Danny pisa na bola quando, para conquistá-la, inventa que é marido da amiga, pai das crianças e que vai se separar. Começa então uma verdadeira aventura amorosa recheada de confusões de todos os tipos.

1) Juntos pelo Acaso

Juntos-pelo-Acaso

 

Esse filme é simplesmente maravilhoso. A primeira vez que eu vi foi quando ainda tava grávida. Chorei que só.. Hoje assisti de novo, com a minha princesa com 2 anos de idade, e senti coisas totalmente diferentes. Chorei mais uma vez kkk. De todos os filmes da lista, esse é o que vale mais a pena assistir. Aqui vai a sinopse: Holly Berenson (Katherine Heigl) e Eric Messer (Josh Duhamel) se conhecem, mas o primeiro encontro deles é um verdadeiro desastre. A única coisa que eles têm em comum é a paixão pela afilhada Sophie (Alexis Clagett/Brynn Clagett). Só que um acidente fatal deixou a menina órfã dos pais e a dupla foi designada para cuidar da pequenina. Obrigados a permanecerem juntos para cuidar dela, eles enfrentam as dificuldades típicas de quem passa a ser pai e mãe de uma hora para outra e começam a se entender melhor.

Espero que vocês aprovem as minhas escolhas, e se divirtam vendo os filmes. Ah, e todas as sinopses eu tirei do site adoro cinema.

Um beijão, e até semana que vem.

Amanda Menezes

Bebês e Animais de estimação, como conviver…

Olá pessoal!
Demorou mas eu resolvi falar sobre um assunto que está completamente presente na minha vida, a relação dos bebês e os animais de estimação. Para alguns esse assunto pode ater ser meio “polêmico”, por diversos fatores individuais de cada pessoa. Mas vou contar pra vocês um pouco da minha experiencia sobre o assunto (o que não é pouco).
O que fazer com o animal de estimação depois da chegada do bebê?
Bem, antes de engravidar da Alice eu e meu marido já tinhamos uma “Filha Dog”, a Pérola, que realmente sempre foi tratada como uma filha, dormia na cama com a gente e tudo. Depois de um ano com a ela, engravidei da Alice… Como sempre, a Pérola esteve ao meu lado a gravidez inteira, como grande companheira que é.
Durante esse tempo, procurei ler o máximo que pude sobre o assunto, como fazer essa relação de bebê e animal, que me ajudou muito nesse processo. Um tempo antes da Alice nascer, fomos mudando os hábitos com ela e acostumando a Pérola a não dormir mais na cama com a gente.
Quando chegamos da maternidade, a Pérola com a alegria que sempre nos recebia ficou curiosa em saber o que era a aquele serzinho estranho ali nos meus braços. Abaixei a Alice um pouquinho pra ela sentir o cheirinho e saber que era a mais nova moradora da casa que estava chegando.
No começo foi MUITO difícil, pois todos achavam que era melhor a Pérola não dormir no quarto conosco. Então tivemos de deixá-la dormindo em outro quarto, ela sofreu bastante, durante o dia, ficava horas na porta do nosso quarto chorando. Eu confesso que me arrependo um pouco de ter feito desse jeito, pois demorou um pouco pra Pérola se acostumar com a Alice e tinha até um certo receio de chegar perto. E também quando ela se aproximava da Alice, as pessoas próximas (avós, tios, etc…) acabavam assustando ela e tirando-a de perto da Alice. Se eu pudesse voltar no tempo, teria feito um pouco diferente, mas também é claro que não deixaria a Pérola dormir na cama ou lamber a Alice né, porque já seria demais kkkkkk. Com o tempo fui introduzindo as brincadeiras e carinhos entre elas e pra mim foi demaaais, é uma maravilha pra mim ver as duas brincando (tirando as vezes que tive que correr atrás da Pérola pra pegar o brinquedo da Alice que ela pegou). Ah e no aniversário de 1 aninho da Alice, a Pérola estava lá toda vestida de quadrilha, curtindo a festa e ainda foi pra mesa dos parabéns kkkkk.
Hoje em dia vivemos tranquilamente com as duas juntas, Alice ama a Pérola, e a Pérola também corresponde a maioria das brincadeiras e carinhos, mas a ainda tem um certo receio de brincar com a Alice (ela malina demais da cachorra). Minha filha não desenvolveu alergia nenhuma à animais, não teve problema nenhum causado por animais domésticos. Acredito que a Pérola faz muito bem pra Alice pois ela realmente a reconhece como irmã que faz companhia pra ela todos os dias e a recebe com todo amor e carinho quando ela chega da aula.
O que eu diria para quem tem um animal de estimação e ta esperando um bebê?
1. NUNCA abandone seu bichinho, faça de tudo para não deixá-lo de lado completamente, eles sofrem demais. Sempre antes do banho, enquanto a Alice dormia eu tirava um tempinho pra dar carinho pra Pérola.
2. Apresente seu bebê para o seu bichinho pra que ele possa ir se acostumando com a presença daquele serzinho ali.
3. Converse sempre com ele e fale sobre o bebê.
4. Converse com o pediatra do seu bebê sobre como fazer essa relação com o animal, para que os dois possam conviver tranquilamente. Já foi provado que a relação de bebê e animal fortalece o sistema imunológico.
5. Sem contar que é uma maravilha ver a relação e interação de bebê e o bichinho.
Espero que vocês tenham gostado… Qualquer dúvida, crítica ou sugestão é só entrar em contato com a gente 🙂
Até a próxima, Cris Rendeiro
chadamamae